Fonte: Eric Karjaluoto. Traduzido por Felix Benito Branding é um sujeito engraçado, especialmente para as pequenas empresas. Embora seja co...

A questão mais importante em branding

16:29:00 Blog da PP do Moura Lacerda 0 Comentários

Fonte: Eric Karjaluoto. Traduzido por Felix Benito
Branding é um sujeito engraçado, especialmente para as pequenas empresas. Embora seja comumente discutidas, ainda é tão vago que a maioria são confusos com o que exatamente isso significa. Eu mesmo ir um passo além: penso que a maioria dos esforços de branding estão viciadas desde o início, porque as pessoas simplesmente não estão fazendo a pergunta mais importante. Os diversos níveis de "branding" No menor nível, marca se confunde com a criação de um logotipo. Este é um perverso - mas surpreendentemente resistente - falsidade. Um ícone, monograma ou wordmark é de forma alguma um tipo de pensamento é tão semelhante a acreditar que uma capa-ornamento é um carro. No entanto, este é o lugar onde um grande número de projetos marca início: "Oba! Começamos a nossa empresa! Vamos marca-lo com um logotipo! " Alguns são mais espertos, e mesmo se não, a maioria das empresas de design da marca são capazes de efetivamente orientar seus clientes claro desse mal-entendido e ajudá-los a ver que um logotipo é apenas um pedaço de uma identidade, que tem um número de contato igualmente importantes pontos. (Eu falo sobre estas em maior detalhe no meu próximo livro: Fala do Homem.) Eles também pedem aos clientes para passo para trás e olhar para a estratégia. Ao fazê-lo, o processo torna-se exponencialmente mais valioso. É crítico para determinar exatamente o que a organização quer atingir, e criar um plano de como proceder para fazê-lo. Os recursos visuais são tão importantes como sempre, mas como resultado de um planejamento adequado podem servir a um propósito definido. O que está faltando ... Alguns designers não são exatamente animado com esta palavra "estratégia", exceto quando empregá-lo em sua literatura de marketing. Na verdade, uma referência a poucos mesmo que de forma pejorativa, o que implica que ele mata a "arte" encontrada no projeto. Outros simplesmente não gostam de ter que trabalhar com as palavras tanto. Ambas as posições são falhos e cegueira para ilustrar a real função do design. Design não é sobre arte ou visuais, é sobre um resultado eficaz de planejamento. Sem que isso é apenas decoração. Há, naturalmente, as empresas que primam quando se trata de fazer perguntas sobre sua empresa e ajudá-lo a elaborar uma estratégia. Eles vão ter o tempo para construir um plano eficaz que está bem adaptado à sua organização, e como tal terá recursos de grande valor para sua empresa. Meu argumento, no entanto, é que a maioria simplesmente não ir muito longe o suficiente. Eles vão perguntar sobre metas, valores e no mercado - que são todas as coisas importantes -, mas precisamos dar um passo para trás, ainda mais ainda. Uma empresa de design da marca pode criar uma sistema de identidade funcional e estratégia de marca para sua empresa, e ainda ter que falhar miseravelmente. Por que isso? Porque não perguntar o suficiente sobre o catalisador principal em qualquer uma dessas situações: você. Sua marca precisa ajustar sua vida Embora muitos dirão que estou errado, a questão mais importante da marca é: O que você quer fazer todos os dias? Sem as suas necessidades pessoais determinado, sua empresa não será cumprido. Uma analogia: Um estúdio de design da marca possa efetivamente colocá-lo em um Porsche, mas se tudo que você quer fazer é transportar o material, você provavelmente estaria em melhor situação em uma pick-up. Antes de qualquer empresa de design da marca pode elaborar uma estratégia funcional e de identidade de sua organização, eles precisam saber o que o seu indivíduo planos a longo prazo são. Onde você se vê pessoalmente em dez ou vinte anos? Você quer tomar principalmente em projetos de seu interesse? Você está mais animado sobre como trabalhar com pessoas realmente bom? Você gostaria de construir algo grande, de modo que você pode vender de forma rápida e se encontra em uma praia? Ou você acha que precisa resolver um problema social de algum tipo? Estas são todas as aspirações de cada bem, mas provavelmente resultará em estratégias muito diferentes para a sua marca. Gostaria também de salientar que, enquanto eu escrevo isto principalmente para as pequenas empresas, estas questões são tão importantes para os grandes. Se você é um líder que não está alinhado com a direção da empresa, você está em uma batalha. Talvez seja hora de passar para outra coisa? Não estas perguntas podem causar enorme mal-alinhamento para a sua marca. Curiosamente, alguns deles podem até mesmo exigir o abandono do desenvolvimento de uma estratégia de marca e identidade corporativa. No mesmo olhar para onde você quer ir, ele pode tornar-se óbvio que você só precisa fechar sua empresa e conseguir um emprego. Isto pode soar inicialmente uma erupção pouco, mas ele realmente não é. Você precisa saber onde você está indo para lá chegar. Descobrir isto agora vai lhe poupar muita dor no longo prazo. Para a maioria de nós, o destino é menos sobre o que temos no final, mas sim o que somos capazes de gastar o nosso dia fazendo. O que é "fácil de vender" contra o que precisa fazer Quando falo sobre isso, muita gente me diz que soa mais como coaching de vida do que marcar. Eu aprecio isso, e de certa forma concordo. Francamente, é muito mais fácil vender um manual de identidade corporativa do que um plano. No entanto, o valor de um bom designer é encontrado na elaboração de planos que, independentemente de quão difícil pode ser que eles desenvolvem, ou para essa matéria, o pacote para a venda. Não há muito tempo que trabalhou em um projeto no qual a "marca" tinha sido preparada por um outro provedor. Ao iniciar o projeto, entrei em contato com os criadores originais pedindo documentos de planeamento estratégico e posicionamento, bem como as normas de documentação de identidade corporativa. Ao invés disso, recebi um folheto ridiculamente longas principalmente observando como usar (e não uso) do logotipo. O e-mail que acompanha quase apologética, claramente, não marca reais tinha sido feito. Como resultado, nosso cliente ficou com pouco mais de uma forma bonita. Evidentemente, um vasto número de empresas de design estão a vender "marcas", mas são realmente apenas criar a documentação logo extensa. Branding é um processo de valor inestimável e que pode cristalizar suas necessidades pessoais, bem como aqueles de sua organização. Vamos ser perfeitamente blunt embora: se você e sua empresa estão se movendo em direções diferentes, nenhum tratamento visual vai resolver seus problemas. Você tem que insistir na criação de um plano que alinha todos os seus interesses em um único fluxo. Dessa forma, todas as decisões posteriores serão feitas de uma forma coerente e lúcido.

0 comentários: